Batata Ciência: Está difícil parar de comer durante o isolamento ?

Hungry woman astronaut eating Burger — Stock Vector © studiostoks ...

Uma das grandes dificuldades de ficar confinado é a falta do que fazer. Aí vai dando uma vontade de dar um pulinho até a geladeira e zás, mais um bocado de calorias para aliviar a tensão. Este é dos maiores desafios do confinamento. Como controlar meu apetite ?

Mas fique tranquilo. Embora inusitada, esta situação não é novidade para a ciência. Há anos o confinamento e seus efeitos sobre nosso comportamento é estudado pelos cientistas . Os astronautas de uma estação espacial ou os pesquisadores residindo na Antártida passam por isto todos os anos.

Estação espacial cria incrível tour da Terra vista do espaço em ...

Sabe quais são os sintomas destes astronautas ou pesquisadores ? :

  • aumento de sensações de depressão
  • ansiedade
  • iritabilidade
  • transtornos do sono
  • aumento do apetite
  • dores de cabeça
  • tédio
  • fadiga
  • falta de atenção à higiene pessoal
  • menor motivação com “inércia intelectual”
  • embotamento mental

Pareceu familiar ? E olha que eles não tem que se preocupar com as condições sócio-econômicas, como “consertar a nave com um bebê nos braços nem descer à rua para ganhar uns trocados que sirvam para pagar o aluguel.”

Expedição retorna da Antártica após manutenção nos equipamentos na ...

“Algumas pessoas podem experimentar dificuldades para recordar coisas e completar certas tarefas à medida que suas mentes começam a experimentar uma forma de hibernação psicológica”,  diz Larry Palinkas, psicólogo da Universidade do Sul da Califórnia

Expedição retorna da Antártica após manutenção nos equipamentos na ...

O que fazer então ?

Year-long Mars isolation experiment in Hawaii ends

Algumas dicas vêm de um estudo feito entre 2010 e 2011.  Oito voluntários passaram 520 dias encerrados, simulando uma missão a Marte. As centenas de estudos feitos sobre o comportamento dos tripulantes da missão simulada Mars 500  e de isolamento com astronautas e pesquisadores na Antártida mostraram:

  •  o exercício de resistência (correr, pedalar) não só ajudava fisicamente como também melhorava a adaptação em termos psicológicos e de rendimento cognitivo
  • os exercícios de força não ofereceriam nesse benefício.
  • escrever, por exemplo, um diário, proporciona uma válvula de escape para expressar seus sentimentos, além de ocupar o tempo.
  • aconselha-se encontrar um espaço próprio para se isolar dos outros companheiros de confinamento, mesmo que seja apenas sua cama, todos devem ter um local sagrado onde possam se sentir confortáveis e que os outros respeitem.
  • para suavizar os atritos, na base polar se obrigam a comer todos juntos para vencer a tentação de evitar alguém permanentemente.
  • diante do tédio, tentar combater a monotonia com atividades passivas, como assistir televisão, e atividades ativas, como criar minirrepresentações teatrais, compartilhar um momento de jogos, cozinhar, etc.
  • contatos sociais, “mesmo que breves, são extremamente importantes e ajudam a sentir que você não é o único que está passando por essas mudanças”, podem ser celebrações noturnas na varanda ou passear o cachorro pela vizinhança,
  • Por último,  o humor. “O riso é o melhor remédio”, diz Palinkas, “é certamente importante porque permite o exercício da criatividade e ajuda a desviar a tensão social e reduzir o conflito potencial”. Mas cuidado: a piada alegre de uma pessoa pode ser irritante para outra ou inclusive ela pode se sentir criticada. O humor ajuda a aliviar o estresse desde que não caia na intimidação.

Viu, você não é o único a se sentir assim. Dá para levar e até para comer menos. Permaneçam em casa e cuidem-se!

PS: A presente postagem foi largamente baseada em uma reportagem publicada pelo El País 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: