Efeitos Adversos de Suplementos Alimentares

Quase todo mundo acha que usar suplementos alimentares é seguro e saudável, mas a verdade é que as coisas não são bem assim. A respeitada revista médica New England Journal of Medicine, publicou na sua edição de ontem um artigo com o título Emergency Department Visits for Adverse Events Related to Dietary Supplements (Consultas nos Serviços de Emergência Decorrentes de Eventos Relacionados a Suplementos Dietéticos).

Captura de tela 2015-10-16 09.18.58

O artigo chama a atenção para o fato de que suplementos, como produtos nutricionais suplementares herbais e micronutrientes (vitaminas e minerais), são largamente utilizados pela população americana e de resto em todo o planeta, embora haja poucos ou nenhum dado sobre seus efeitos adversos.

Os autores do artigo realizaram um estudo em que foram avaliados dados oriundos de 63 unidades de emergência, espalhadas pelos Estados Unidos, entre 2004 e 2013. Foram avaliados 3667 relatos e  estimados que 23005 consultas/ano são feitas aos serviços de emergência, relacionadas ao uso de suplementos dietéticos, e que resultam em 2154 internações anuais (95% de intervalo de confiança).

Os pacientes mais frequentemente acometidos foram adultos jovens entre 20 e 34 anos (28% das consultas), seguidos, pasmem vocês de crianças após uso acidental (21%) . Após a exclusão destes casos acidentais, 65,9% das consultas se deveu ao uso de produtos nutricionais suplementares herbais e 31,8% ao uso de micronutrientes. Como já era de se esperar, os produtos herbais, usados para perda de peso, lideraram as ocorrências, sendo responsáveis por 71,8% dos sintomas apresentados às consultas.

E quais são os sintomas que levaram os pacientes a consultar ? Palpitações, dor torácica e taquicardia foram os mais comuns. Entre a população mais idosa (maiores de 65 anos) houve a presença de choque e disfagia (dificuldade de deglutição) causada por problemas na ingestão destas pílulas (usualmente pílulas de multivitamínicos e minerais são muito grandes para serem deglutidos por esta parcela da população,que costuma ter um alto índice de dificuldades de deglutição, decorrentes do envelhecimento)

 Em conclusão: estima-se que nos EUA 23000 consultas por ano se devem a algum efeito adverso, relatacionado ao uso de suplementos alimentares. Estas consultas, mais frequentementemente, envolvem manifestações cardiovasculares secundárias ao uso de produtos destinados à perda de peso ou para aumento do gasto energético em pacientes mais jovens e problemas de deglutição, mais associados ao uso de micronutrientes (vitaminas e minerais), em pacientes mais idosos.
Quando você for usar um destes suplementos, pense duas vezes, antes de acreditar piamente no que diz o vendedor. O fato de ser um produto “natural”, não o torna necessariamente seguro e você pode sim estar correndo algum risco em utilizá-los.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s