Regras da Comida : Regra número 1- Coma Comida

Conforme prometido, vamos comentar as 64 regras que Michel Pollan publicou em seu livro Regras da Comida (ver nosso post anterior)  A primeira regra é:

“Coma Comida”

Como Pollan chama a atenção, “cerca de 17.000 produtos são lançados por ano no supermercado, disputando a sua preferência e o seu dinheiro. Mas quantos deles podem ou merecem ser chamados de comida ? “São comida de verdade ou formulações artificiais, feitas pela indústria e que não existem, com a mesma composição na natureza.

Como assim uma lata de milho em conserva, por exemplo, não é composta principalmente por milho ? Qual a diferença se ele está enlatado, ou se eu tiver que retirá-lo de uma espiga e tiver que cozinha-lo e prepara-lo para o uso ? Que diferença pode haver entre usar um cubo de caldo de vegetais ou preparar ou autêntico mirepoix (veja post de como preparar um mirepoix ou fundo de vegetais) ?

A gente responde: a diferença é enorme. Os produtos industrializados contêm mais sódio, adição de conservantes não presentes na natureza e principalmente, por causa de seu preparo industrial, não possuem microrganismos capazes de causar doenças (uma vantagem), mas também os não patogênicos (uma desvantagem). É a diversidade destes microrganismos (fungos, bactérias) que forma a nossa flora intestinal normal (ou nativa). Alterações desta flora estão sendo implicadas no agravamento e no recrudescimento de várias doenças nos dias de hoje. Entre elas podemos citar a obesidade, a artrite reumatoide e a asma, só para ficarmos nas mais documentadas. Voltaremos ao assunto nos próximos posts, mas por enquanto fique com a primeira regra:

“Coma Comida”

LER MAIS:

1) Intestinal flora in early rheumatoid arthritis – Eerola E (1994)

2) Are intestinal bacteria involved in the etiology of rheumatoid arthritis? – Hazenberg MP (1992)

3) Role of intestinal flora in the development of allergy – Kalliomakki M e Cols (2003)

4) The hygiene hypotheslis revised: is the rising frequency of allergy due to changes in the intestinal flora?- Wold AE (1998)

5) Gut flora in health and disease – Guarner F (2003)

28 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s