Vai um cafezinho aí?

Se você é daqueles que precisa de uma boa xícara de café para começar o dia, esse post pode interessar bastante pra você.

No início do mês de junho, um estudo publicado pelo International Journal of Sport Nutrition and Exercise Metabolism,  concluiu que atletas treinados que ingerem cafeína antes dos exercícios, gastam em média 15% mais calorias nas 3 horas seguintes após o exercício em comparação com aqueles que ingeriram alguma substância placebo. Apesar do conhecido efeito do café como substância termogênica, seus benefícios não param por aí.

Melhora da Circulação:

Um recente estudo japonês estudou os efeitos do café sobre a circulação sanguínea em pessoas que não bebiam café com tanta frequência. Cada participante tomou aproximadamente 150 ml de café tradicional ou descafeinado. Aqueles que beberam o café em sua versão tradicional tiveram uma melhora de 30% na circulação sanguínea durante um período de 75 minutos quando comparado com os participantes que tomaram a versão descafeinada.

Menos Dores:

Cientistas da Universidade de Illinois comprovaram que a ingestão de 2 a 3 xícaras de café 1 hora antes de 30 minutos de exercício em alta intensidade seria capaz de reduzir as dores musculares. A conclusão: a cafeína pode ajudar você a treinar um pouco mais forte nos exercícios de força resultando na melhora de ganho de força ou resistência.

Uma Memória Melhor:

 A Universidade Johns Hopkins publicou esse ano uma pesquisa onde demonstra que a memória pode ser consideravelmente melhorada após 24 horas de se ter ingerido café. Os pesquisadores ofereceram a pessoas que não consumiam café regularmente, uma substância placebo ou 200mg de cafeína 5 minutos depois de terem vistos várias imagens diferentes. No dia seguinte, todos os participantes foram perguntados sobre as imagens e aqueles que tomaram a cafeína obtiveram um resultado significativamente melhor. Esse seria um dos possíveis efeitos positivos que poderiam auxiliar durante a prática da sua a atividade física ajudando a lembrar a rotina específica ou recordar os exercícios.

Preservação Muscular:

Em um estudo animal, cientistas da área esportiva da Conventry University comprovaram que o café seria capaz de ajudar a combater a perda de força muscular que ocorre durante o envelhecimento.  O efeito protetor do café foi observado na musculatura do diafragma, tanto na musculatura primária, utilizada para respiração, bem como sobre o músculo esquelético. Os resultados demonstraram que o uso moderado da cafeína, pode ajudar a preservar o condicionamento físico e reduzir as possíveis lesões relacionadas com a idade.

Mais Combustível para o Músculo:

Recentemente o Journal of Applied Physiology publicou uma pesquisa em que o consumo de um pouco de cafeína após o exercício pode ser benéfico, principalmente para atletas que realizam treinos aeróbicos de longa duração, todos os dias. A pesquisa verificou que a ingestão de carboidrato juntamente com cafeína, seria capaz de promover um aumento de glicogênio muscular 66% maior após 4 horas depois de exercício com depleção significativa de glicogênio muscular.

Apesar de todos os efeitos acima parecerem positivos, não se esqueça que cada pessoa reage de uma forma específica a cada componente ou dosagem. Ficou interessado nessas informações? Converse com o seu nutricionista sobre a possibilidade de inclui-lo durante o seu dia.

Nós do BFP? não recomendamos que qualquer pessoa inicie por conta própria o uso de substâncias que possam promover melhora de rendimento ou que possua possíveis efeitos positivos na sua saúde.

escritopor2evandro

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s