Antioxidantes, Oxidantes e Radicais Livres: Você sabe como tudo funciona?

Os alimentos antioxidantes estão entre os mais falados e discutidos atualmente, eu mesma sou uma que vive pontuando essa propriedade. Mas afinal, o que é um alimento antioxidante? Como tudo funciona? Bom, para falarmos a respeito dos antioxidantes, primeiro temos que saber o que é o processo de oxidação…
Uma parte do oxigênio que ingerimos produz radicais livres (elétrons desemparelhados altamente reativos). Os radicais livres surgem de forma natural no corpo através dos processos metabólicos ou através de fatores externos como fumo, gases, raio x, álcool, produtos pesticidas, substâncias tóxicas contidas nos alimentos, estresse, gordura saturada, dentre outros . O nosso corpo, por sua vez, produz substâncias antioxidantes para “barrar” os efeitos prejudiciais dos radicais livres. Quando há um excesso de radicais livres e o corpo não consegue neutraliza-los, as nossas células são afetadas e o consumo de alimentos antioxidantes se torna necessário.
Os radicais livres podem combinar com o DNA das células, alterando o seu código genético e produzindo uma multiplicação celular desordenada, causando tumores, doenças pulmonares, catarata e outras. Os antioxidantes por sua vez,  são moléculas com cargas positivas que combinam com  os radicais livres de carga negativa tornando-os inofensivos. Logo, essas substâncias teriam a propriedade de anular a ação desses radicais.
“Antioxidantes são qualquer substância que, presente em baixas concentrações, comparativamente a substratos que podem ser oxidados, previne ou retarda significativamente sua oxidação.”
Portanto, a presença de grande diversidade de antioxidantes no organismo é fundamental para a prevenção contra os danos oxidativos.  
Os antioxidantes mais importantes presentes nos alimentos são:

  • Licopeno: substância encontrada principalmente no tomate;
  • Catequina: frutas como morango, uva e o chá verde;
  • Vitamina C: frutas cítricas e vegetais verdes escuros;
  • Vitamina E: germe de trigo, óleo (soja, milho, arroz e girassol), amêndoas, castanhas e nozes;
  • Vitamina A: cenoura, fígado, abóbora, brócolis;
  • Zinco: carnes, peixes, aves, leite, cereais integrais e feijões;
  • Bioflavonóides: frutas cítricas, uvas escuras ou vermelhas.
Assim, pode-se observar que uma alimentação rica em vegetais, frutas, legumes e cereais integrais é importante contra a ação dos radicais livres. Contudo, o consumo excessivo de antioxidantes pode prejudicar. Por isso devemos sempre procurar orientação profissional antes de sair por aí consumindo tudo que é antioxidante e fazendo “dietas da moda”.
escritopor2gabriela
Anúncios

Uma resposta em “Antioxidantes, Oxidantes e Radicais Livres: Você sabe como tudo funciona?

  1. Pingback: Como Manter o Peso e a Saúde na Copa? |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s