Peito de peru pode?

Ontem coloquei uma foto no meu instagram e facebook que gerou um pouco de polêmica e revolta dos meus seguidores:

 
Assim, resolvi escrever um pouco mais a respeito do tão consumido peito de peru e através disso justificar a minha postagem nas redes sociais. Vamos lá…
Peito de peru:
“Carnes de aves, água, sal, regulador de acidez: lactato de sódio, condimentos, glicose, realçador de sabor: glutamato monossódico, açúcar, fibra de trigo, proteína isolada de soja, estabilizantes: Polifosfatos de sódio, espessantes: carragena, conservadores: nitrito e nitrato de sódio, antioxidante: eritorbato de sódio, aroma natural de fumaça e corante natura carmim de cochonilha.”
Deu pra notar que não é um alimento tão saudável assim né?
O peito de peru se tornou tão popular e procurado, devido à baixa quantidade de gordura presente no “alimento”.  Mas não é só à quantidade de gordura dos produtos que devemos nos atentar. Uma alimentação saudável e equilibrada deve consistir em alimentos de alta qualidade, que possuam o mínimo de conservantes, acidulantes, agrotóxicos, corantes, dentre outros. No caso das carnes industrializadas como o queridinho peito de peru, devemos estar mais atentos às quantidade de sódio (500mg em 2 fatias) e aos conservadores: nitrito e nitrato de sódio. Quando consumidos em quantidade inadequada, esses conservadores são cancerígenos. Então por que utiliza-los? O batata foi atrás e uma das maiores empresas que produz o alimento respondeu:
Estudos realizados em institutos de pesquisa de diversos países, principalmente na Europa, demonstram que os nitritos e nitratos são seguros para consumo humano nas dosagens regulamentadas pelo Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (MAPA). Em todos os estabelecimentos fiscalizados pelo Serviço de Inspeção Federal do MAPA, a utilização de nitritos e nitratos em produtos cárneos é rigorosamente controlada para que os níveis de adição atendam aos limites impostos pela legislação.
Ainda não existem substitutos tecnológicos adequados para os nitritos e nitratos em produtos cárneos. A ação desses compostos é muito efetiva na inibição do crescimento de bactérias patogênicas, como o Clostridium botulinum e também na inibição da produção de toxina botulínica.
Além do efeito de inibição no crescimento de microrganismos, o nitrito apresenta um papel essencial no desenvolvimento de cor e sabor em produtos cárneos.”
Então, pesquisamos a quantidade considerada segura pelo MAPA…
“Em carnes, por exemplo, a quantidade de nitrito adicionado deve ser de no máximo 0,015g por 100g de alimento, e de nitrato de no máximo 0.03g por 100g a fim de garantir a segurança alimentar e evitar intoxicação por esses compostos”
Alguém viu especificando no rótulo a quantidade de nitrito e nitrato de sódio para conhecimento do consumidor?
Como eu não vi, peço que o consumidor fique cada dia mais atento e mais rigoroso com relação aos produtos que coloca no carrinho de compras. O exemplo de hoje foi do peito de peru, mas também temos salsichas, salames, presuntos e muitos outros que estão com informações falhas.
É importante também esclarecer que os compostos nitrosantes, não são exclusivos dos produtos cárneos, leite e derivados. Em vegetais a migração desses compostos pode ocorrer através da presença de nitrosaminas no solo de cultivo ou na embalagem em que o vegetal é armazenado, por isso é fundamental conhecer a procedência desses alimentos e quando surgirem dúvidas, o mais sensato é entrar em contato com o produtor e/ou fabricante do produto.
Prefira sempre alimentos in natura, ou alimentos orgânicos. Comece a fazer substituições agora. Sua saúde agradece.









Anúncios

Uma resposta em “Peito de peru pode?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s