Vinus: Vinho a Verdadeira Bebida Gourmet

Artigo transcrito do Catálogo da Mistral, Outono 2013, pg.38

.

Não é por acaso que o vinho é , há milhares de anos, a bebida preferida para acompanhar uma refeição. Quando combinamos a comida com uma ou duas taças de vinho, a acidez e os taninos do vinho ajudam a cortar a gordura, (ou o seu gosto excessivo) deixando a comida mais leve e a digestão mais fácil – sem falar nas harmonizações bem feitas que podem realmente deixar um prato normal delicioso
Estudos mostram que o teor alcoolico moderado do vinho ativa rapidamente as funções do fígado, ajudando a processar a gordura e o álcool, e fazendo com que as 68 calorias , em média, de uma taça de 100 ml de vinho tinto (valor menor do que de um copo de suco de laranja) engordem menos do que se imagina.

É claro que outras bebidas podem combinar bem com a comida, mas ao final da refeição parece que alguma coisa pesou um pouco mais , ou foi excessiva.É pela falta de acidez e taninos  que as cervejas, por exemplo, deixam a pessoa empapuçada com a comida, com a sensação de ter comido o dobro, embora não pesem quando comemos apenas alguns petiscos.

Faça a experiência: tome uma taça de vinho em seu almoço do dia a dia e repare com terminará a refeição mais leve e mais disposto

2 comentários

  1. O composto que considera o vinho um alimento que faz bem para a saúde é o flavonóide, presente na uva. Sabe-se que o vinho tinto tem uma concentração significativamente maior de flavonóides que os vinhos brancos, o que aumentaria seu poder antioxidante e vasodilatador. Mas, um composto que ajuda a tornar os outros vinhos também alimentos "saudáveis" é o teor de álcool. O álcool em doses moderadas (1 taça ao dia) tem poder vasodilatador podendo agir como coadjuvante no tratamento de doenças cardiovasculares. É claro que muito há de ser estudado ainda, mas a única informação certa que tenho a lhe passar é que o vinho tinto tem maior concentração de flavonóides (e de álcool) podendo ser assim mais favorável a saúde.

  2. Uma dúvida que sempre tive é se os vinhos brancos, espumantes e roses são tão bons quanto os tintos para a saúde…E os vinhos fortificados e do porto? Fazem bem ou mal?Os textos sobre vinhos costumam generalizar ou ignorar esses grupos…

Deixe uma resposta para Anonymous Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s