Gergelim, Chia, Linhaça, Quinua ou Girassol?

TODAS! As sementes estão em alta, todos querem consumir, mas sempre fica aquela dúvida…qual devo comer? Todas possuem propriedades incríveis e benéficas para nossa saúde! Saiba um pouquinho mais a respeito de cada uma:



Gergelim
Com origem no Oriente, é riquíssimo em vitamina E, um antioxidante que evita a deterioração das células pelos radicais livres, fazendo com que estas realizem bem suas funções e vivam por mais tempo, combatendo o envelhecimento. Outras substâncias em grandes quantidades são os fitosterois, que eliminam o mau colesterol. Até mesmo as glândulas sexuais (testículos e ovários) trabalham melhor, graças à lecitina, uma gordura abundante na semente, o que evita uma série de problemas nos órgãos reprodutores. Os diabéticos se beneficiam de modo especial: o gergelim tem baixo nível glicêmico, ou seja, não provoca picos de glicemia que colocam em risco o pâncreas. E suas fibras ainda servem de energia para as bactérias da microbiota intestinal, garantindo o bom funcionamento do órgão evitando cânceres de intestino.

Chia
Semente originária do sul do México, muito consumida durante a civilização maia, é rica em flavonoides e vitaminas A, C e E, que previnem o envelhecimento, além de magnésio, fósforo, manganês e cálcio, que ajudam a evitar a osteoporose. Uma gordura “do bem”, o ômega 3, também existe em grandes quantidades na chia. Esse ácido graxo é o principal componente de membranas que envolvem as células, ou seja, ingerir a substância é fortalecer essas estruturas. No caso dos neurônios, o ômega 3 ajuda a fortalecer a comunicação entre eles, melhorando a concentração e ajudando a evitar problemas de memória e o aparecimento de doenças demenciais. É a semente que mais contém proteínas: de 15% a 23% da sua composição.

Linhaça
Rica em ácidos graxos, proteínas e fibras, a linhaça têm 39% de sua composição formada por óleos, os mais ricos da natureza. Tais óleos, excelentes fontes de ômegas 3, 6 e 9, agem como removedores de sódio dos rins, evitam a retenção de líquidos e aliviam cólicas menstruais. Também reduzem os sintomas da menopausa por “enganar” os receptores de estrógeno, hormônio em falta durante este período. A ingestão dessas sementes evita o desequilíbrio metabólico causado pela falta de ácidos graxos no organismo, o que evita desde cânceres de mama e cólon até pele seca e problemas de cicatrização. Vitaminas como as do complexo B (1, 2, 3, 6 e 12) também reforçam o sistema imunológico, melhorando as ligações entre os neurônios e combatendo o tão temido envelhecimento celular.

Girassol
Entre as cinco sementes, a de girassol é a mais consumida e conhecida no país. Também rica em ômega 3, tem poder fitoterápico, e estudos já a ligaram à cicatrização rápida de feridas e auxílio no tratamento de doenças pulmonares, intestinais, esclerose múltipla e úlcera. Suas fibras insolúveis, que não são digeridas pelo organismo, ajudam no bom funcionamento do intestino.

Quinua
Quem tem intolerância ao glúten tem bons motivos para consumir a quinua. Nativa de países andinos, ela contém quase todos os tipos de aminoácidos (substâncias que formam as proteínas) essenciais – aqueles que o organismo não é capaz de sintetizar –, mas não contém glúten. É uma boa substituta da soja, do arroz e do trigo, embora os nutricionistas alertem que o ideal é comer de tudo. A quinua é um dos alimentos que mais provocam sensação de saciedade, já que suas fibras prolongam o tempo de absorção da glicose, fazendo com que o organismo sinta menos fome. A semente também alivia os sintomas da menopausa e da TPM (tensão pré-menstrual), por seu poder de “imitar” as funções do estrógeno, hormônio que regula as variações de humor, e que se torna escasso durante a menopausa.
Anúncios

Uma resposta em “Gergelim, Chia, Linhaça, Quinua ou Girassol?

  1. Bom dia ! Comprei todas para incluir na minha alimentacao, mas como incluir no dia a dia…Quantas variedades posso incluir por dia e quantidades’ ? Obrigada!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s