Mirtilo Pode?


DEVE!!!

O mirtilo (Vaccinium spp) é uma espécie frutífera originária da Europa e América do Norte, onde é muito apreciada por seu sabor exótico, valor econômico e por seus poderes medicinais.
Devido às condições climáticas requeridas para o cultivo do mirtilo (Blueberry), a região Sul do Brasil é a mais favorável para o plantio e onde se concentra a maior produção no país. As plantas são arbustivas, de pequeno porte e os frutos são bagas que quando maduras adquirem coloração azul arroxeada e sabor doce-ácido, podendo ser consumidos tanto in natura quanto utilizadas no preparo de sorvetes, bolos, tortas, geléias, doces em pasta e chás.
Popularmente conhecido como fruta da longevidade, é um dos cultivos que mais cresce em consumo no mundo. A alta capacidade antioxidante encontrada nesta fruta atua na neutralização dos radicais livres, moléculas instáveis que estão ligadas ao aparecimento de um grande número de doenças crônicas não transmissíveis, como as doenças cardiovasculares e o câncer.
O consumo de mirtilo pode PREVENIR :
– A ocorrência de doenças neurodegenerativas e o declínio cognitivo durante o envelhecimento;
– Doenças relacionadas à visão, como catarata e glaucoma, melhorando a capacidade de leitura e o foco da visão;
– Perda óssea, pelo aumento da densidade mineral óssea e determina mudanças favoráveis
nos biomarcadores do metabolismo ósseo;
– Ganho de peso corporal;
– Aumento do colesterol LDL;
– Aumento da pressão sanguínea  auxiliando na redução de doenças cardiovasculares;
– Tumores cancerígenos
Os benefícios obtidos com o consumo do mirtilo são, geralmente, atribuídos à presença de compostos bioativos tais como os polifenóis, ácido elágico, resveratrol e antocianinas. Esta última é encontrada em abundância e confere a cor característica da fruta. A combinação das 11 antocianinas presentes no mirtilo responde por mais de 50% do valor total da capacidade antioxidante. Além disso, esta fruta possui uma grande variedade de vitaminas e minerais, pouca caloria (32 calorias por cada 100 gramas) e baixos teores de gordura e sódio.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s