Hidratação e Atividade Física

Sabemos que a água é fundamental para a sobrevivência de todos os seres vivos, tanto que para desvendarmos o grande mistério de que se existe vida em outros planetas, os cientistas procuram a princípio por focos de água. É assim! Imaginem se a água é o principal meio de proliferação e sobrevivência para microorganismos e mosquitos que possuem um sistema orgânico não muito complexo, imaginem para nós seres-humanos?!

O corpo humano é composto de aproximadamente 75% de água nos primeiros 2 anos de vida ,e esse percentual vai diminuindo conforme envelhecemos, chegando a níveis inferiores a 58% em pessoas acima de 60 anos. Um dos grandes mitos que tenho enfrentado em atendimento de atletas, é a falsa impressão de que a atividade física em si, simplesmente pelo fato de correr por 30 minutos, promove emagrecimento instantâneo, o que gera uma decepção naqueles que querem ganhar massa muscular e alegria infinita para os que buscam a redução do peso. Definitivamente ISSO NÃO EXISTE, a perda de peso ou ganho de peso é gradativo, dia após dia, sempre dependente da ingestão alimentar.
Mas então, eis que surge a cara do paciente desconfiado e me pergunta: “Porque meu peso na balança diminuiu?”, e eu respondo com aquela satisfação no rosto: “Porque você perdeu água!!!”. É isso, à medida que praticamos qualquer tipo de exercício nossa temperatura corporal aumenta gradativamente, e o organismo sente a necessidade de diminuir essa temperatura, daí surge o suor, uma forma de botar pra fora a água do nosso corpo com o intuito de resfriar o organismo…ficou complicado de entender? Funciona da mesma maneira de quando fazemos um chá ou café: água no bule, fogo ligado, e a medida que a temperatura aumenta a água vai evaporando e a quantidade de água que tinha no bule vai diminuindo, até secar. E se secar acontece o grande problema, da mesma forma em que o bule pode pegar fogo, nosso organismo pode entrar em pane. A diminuição de peso de 1 a 2% durante a atividade física, promove aumento de 0,4 C na nossa temperatura; 3% ocorre importante diminuição do rendimento esportivo; 4 a 6% fadiga térmica; + 6% risco de choque térmico, coma e morte…isto mesmo, choque térmico, coma e morte!!!
Fiquem atentos a sintomas como pele vermelha, intolerância ao calor, pele e boca seca, câimbras (nem sempre o potássio da banana resolve sozinho), espamos musculares, urina amarela e sede. Aliás, a urina é a melhor maneira de avaliar a hidratação, quanto menos hidratado, mais concentrada será a urina (amarela).
E lembre-se se sentirmos sede é sinal de o nosso bule já está secando.
Dicas de Hidratação para Praticantes de Atividade Física:
  • Antes da Atividade Física: 500 ml de líquido, 2 horas antes, tempo suficiente para hidratarmos e irmos ao banheiro para eliminar o excesso;
  • Durante Atividade Física: 200 ml de líquido, sempre em intervalos regulares (a cada 15, 20, ou 25 minutos);
  • Depois da Atividade Física: ingira a quantidade complementar de líquidos, em torno de 500 ml; prefira sucos naturais pois além de hidratar, ajuda na recuperação muscular e repõe vitaminas e sais minerais.

Dica útil: 200 ml = 1 copo plástico (igual aquele que tem no seu escritório para beber água)
500 ml = 2 copos americanos (igual aqueles que vem com requeijão)

Anúncios

2 respostas em “Hidratação e Atividade Física

  1. uma pergunta: uma vez li que para saber o quanto devemos beber de água para compensar a desidratação da atividade física devemos nos pesar antes e depois desta e beber em ml o numero de gramas perdido. É verdade?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s