Alzheimer

É uma doença degenerativa, pregressiva. A doença neurológica acomete, principalmente, pessoas de terceira idade, gerando lapsos de memória e confusão mental. Ao atingir um estágio avançado, o paciente apresenta dificuldades para se locomover e realizar tarefas simples, como alimentar-se e vestir-se, passando a demandar cuidados especiais em tempo integral. O número de pacientes no Brasil é estimado em 1 milhão e 200 mil e de 18 milhões no mundo.
O que pode ser feito para combatê-lo:– Tenha uma alimentação rica em frutas e legumes.
– Insira na sua alimentação óleos vegetais ricos em Ómega 3, incluindo sementes de cânhamo e de linho. Pode também ingerir óleo de peixe, mas certifique-se quanto à fonte e nutrientes, já que muitos peixes possuem toxicidade de mercúrio, que pode causar Alzheimer.
– Antioxidantes. Como foi já mencionado, comer frutas e legumes é uma das melhores maneiras de combater os radicais livres. O chocolate amargo, chá verde, vitamina E e vitamina C são outros antioxidantes que podem desempenhar um importante papel contra a doença de Alzheimer.
– Diminua a ingestão de açúcares. Um novo estudo do Instituto Karolinska de Estocolmo provou que as diabetes aumentam gradualmente o risco do desenvolvimento de Alzheimer.
– Colesterol alto,pressão sanguínea alta e obesidade: mais possibilidades (+ 600%) de perder funções cerebrais e ser-lhe diagnosticado Alzheimer.
– O pigmento na curcuma que atribui ao caril a sua cor amarela pode também ajudar a quebrar as “placas” que marcam o cérebro de doentes com Alzheimer, sugererm as últimas pesquisas.
– Evite o mercúrio. Como foi já mencionado, muito peixes estão contaminados com mercúrio, por isso pesquise quais os peixes que são seguros e livres de mercúrio. As vacinas são outra causa da toxicidade por mercúrio.
– A estimulação mental: falar duas línguas, viajar, puzzles, e aprender a tocar um instrumento são boas formas de combater a senilidade precoce e Alzheimer. Aprenda algo novo todos os dias.
– Regule o stress. Está provado que o stress corroi a mente e o corpo, produzindo um hormônio que prejudica o cérebro. A meditação, yoga, arte ou jardinagem são apenas algumas das formas de gerir o stress.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s