Alimentos geneticamente modificados (GM)



Alimentos Geneticamente Motificados (GM) representam sério risco para a saúdeA Academia Americana de Medicina Ambiental (AAEM)se pronuncia pela primeira vez


A Academia Americana de Medicina Ambiental (AAEM) publicou um documento, no qual afirma que alimentos geneticamente modificados podem representar sério risco para a saúde, e alerta quanto aos riscos de sua utilização.

Alimentos geneticamente modificados passaram a ser comercializados há apenas 13 anos, e não existem estudos profundos sobre os efeitos da sua utilização, a longo prazo, em humanos. Experimentos com animais mostraram resultados preocupantes, tais como alergias, desregulação imunológica, problemas de fertilidade, mortalidade infantil, problemas com secreção de insulina e mudanças comportamentais.

Por estas razões, a AAEM pede por uma moratória no consumo de alimentos GM, e convida os médicos a alertar seus pacientes a evitar o consumo de alimentos modificados.

A Academia também deseja promover uma campanha que leve a uma rotulação mais clara. Os principais alimentos GM cultivados são: soja, milho, canola (na verdade uma sigla), algodão e cana de açúcar, mas muitos outras culturas estão começando a chegar aos supermercados, como mamão, tomate, batatas e abóboras.

Tradução livre de artigo publicado na Newsletter – Terra Madre do Slow Food em Junho de 2009)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s