lanche FELIZ?

Hoje (15/06/2009), no portal UAI (http://www.uai.com.br/), do Jornal Estado de Minas, foi publicada uma reportagem sobre uma ação pública que proíba a venda de brinquedos associadas a alimentação. Sabe-se que muitas crianças são influenciadas a consumirem lanches fast food por causa dos brinquedos oferecidos. Os alimentos de rede fast food são altamente calóricos e pouco nutritivos: o que pode gerar a obesidade infantil.

No Brasil essa ação pode ser considerada pioneira, porém em outros países o movimento está cada vez maior. Nos EUA, em 2004, Morgan Spurloc escreveu, produziu e protagonizou um documentário sobre as consequências de um alto consumo de fast food. É um documentário real, para ver e refletir. Sempre.

Além dessas ações nós podemos também cuidar das nossas crianças, incentivando o consumo de alimentação saudável, a prática de esportes e ensinando que o Fast Food deve ser algo esporádico, e não habitual. Afinal, é mais fácil educar do que reeducar – e Lanche Feliz é aquele que traz boas consequências.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s